3 de agosto de 2013

AS OBRAS DE MISERICÓRDIA

7.      ROGAR A DEUS 
PELOS VIVOS E MORTOS.
Podermos orar a Deus em favor dos outros é uma graça e um privilégio imenso, que nos é concedido por Deus. Todos temos muitas necessidades de diversos tipos: problemas de saúde física, psíquica e espiritual, problemas familiares de tantas modalidades, problemas conjugais, problemas de desemprego e de pobreza material, problemas de fé e religião, enfim, são tantas as necessidades.
Deus mesmo, na sua bondade, poder e misericórdia, deseja que nós, como filhos confiantes, lhe peçamos socorro, ajuda e  favorecimentos. É verdade que Deus conhece todas as nossas necessidades, mas Ele deseja que nós nos aproximemos dEle com a certeza e a confiança de que ele quer e pode nos auxiliar.
Jesus mesmo nos estimulou dizendo: “Pedi e recebereis, buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-a. Que pede recebe. Quem busca, acha. A quem bate, abrir-se-a”.
Além de podermos pedir em favor das pessoas vivas, podemos orar pelos falecidos que porventura estejam no purgatório, a fim de que sejam purificados, perdoados e possam entrar na posse da vida eterna.
Tanto pelo vivos como pelos falecidos podemos orar de muitas formas. Uma forma, porém, muito privilegiada é oferecermos Santas Missas e Comunhões em favor daqueles por quem oramos. A Santa Missa tem um poder todo especial, pois nela se tornam presentes o Corpo e o Sangue de Jesus, com todos os sofrimentos da morte de cruz, que oferecemos ao Pai, por meio do sacerdote e com o sacerdote celebrante. Nada de mais precioso diante do Pai do que o sacrifício de seu Filho Jesus, oferecido em cada Santa Missa.
      Orar pelo vivos e falecidos também é uma obra de misericórdia que merece a promessa de Jesus: “Bem aventurados os misericordiosos porque alcançarão misericórdia”. Além de alcançarmos graças e bênçãos para os vivos e falecidos, nós alcançamos a misericórdia divina para nós mesmos.
Oração

Divino Espírito Santo que sois o Mestre da Oração fervorosa, dai-me o Dom da Piedade para que eu saiba, goste e queira orar sempre mais pelas pessoas vivas e pelas falecidas. São tantas as nossas necessidades espirituais, psicológicas, físicas, familiares e materiais. Diante delas, que meu coração saiba elevar-se com fé profunda, com toda confiança filial, diante do Pai e de Jesus, nosso Senhor, para alcançar toda sorte de graças e bênçãos para aqueles em favor de quem eu venha a orar. Amém.

1 Comentários:

Anonymous yanese disse...

Excelente

6 de agosto de 2013 07:57  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial