16 de agosto de 2013

AS BEM-AVENTURANÇAS


Bem-aventurados os que são perseguidos 
por causa da justiça, 
porque deles é o reino dos céus (v.10).
Temos aqui o eco da primeira bem-aventurança... Ambas tem a mesma recompensa; “Porque deles é o reino dos céus”. Quem são os perseguidos?  A explicação que Jesus dá, em seguida, responde a qualquer dúvida: Bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus (v. 11-12).
Percebemos nas palavras de Jesus que os perseguidos apontados são os Seus discípulos missionários. E por que são perseguidos? Por causa da justiça. Ou seja, por causa da justiça pela qual dão a Deus o que a Deus pertence: a adoração, a ação de graças, a louvação, o respeito, o santo temor, a obediência, a submissão, enfim, a prática religiosa e o trabalho de evangelização.
Lembro que justiça tem dois sentidos: 1. É sinônimo de santidade e 2. Se refere à justiça social. Neste primeiro sentido estão incluídos todos aqueles que são discípulos missionários de Jesus, que gastam suas vidas para levar o santo nome de Jesus e o seu Evangelho de libertação e salvação para todos os povos. São muitos os sacerdotes, religiosas e leigos que dão a vida nas missões para implantar o Reino de Deus entre os pagãos. E ocorre até com certa freqüência, que estes são expulsos do país onde trabalham, são maltratados e até martirizados. A eles Jesus afirma: Bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim”. Quando isto acontece, Jesus lhes dá como recompensa duas bênçãos: 1º Porque deles é o reino dos céus. 2º Grande será a sua recompensa nos céus.
No outro sentido de Justiça, da justiça social,  a perseguição, às vezes, acontece também contra aqueles que querem promover a justiça social, ou seja, a saúde para todos, o emprego para todos, a educação para todos, as oportunidades de trabalho para todos, o conforto para todos. Esses que trabalham para a expansão da justiça social naturalmente pertencem ao reino dos céus e por isso são felizes, são bem aventurados, apesar dos sofrimentos.
A todos, tanto os que lutam para a implantação do cristianismo, como aqueles que lutam pela justiça social, e que por isso são perseguidos, a eles Jesus primeiro afirma que “deles é o reino dos céus”, mas acrescenta muito mais: “Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus (v. 11-12).
 Como pode Jesus dizer aos perseguidos: “Alegrai-vos e exultai”? É possível alguém se alegrar quando é perseguido, maltratado, expulso, posto na prisão ou até martirizado? É possível, sim, por causa da recompensa que recebem por causa da perseguição sofrida: “Deles é o reino dos céus e grande será a sua recompensa nos céus”.


1 Comentários:

Anonymous yanese disse...

MAGNIFICO

18 de agosto de 2013 12:20  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial