14 de outubro de 2013

O AUTODOMÍNIO

O Autodomínio é a capacidade que facilita a uma pessoa de ter domínio sobre si mesma, no campo de sua vontade, controlando e dirigindo com a sua vontade seus desejos, vontades, paixões e sentimentos. Quem tem autodomínio sabe e consegue se controlar. Quem não o tem, fica refém de seus sentimentos, desejos, vontades e paixões. Existe um autodomínio humano, conquistado por exercícios constantes e bem dirigidos no âmbito da vontade. Há pessoas com vontade férrea e outros com vontade frágil.
O fruto do autodomínio é obra do Espírito Santo. É um presente valioso. Porque o Espírito Santo sabe que o pecado original enfraqueceu a nossa vontade e por isso, muitas vezes “não conseguimos fazer o bem que queremos e acabamos fazendo o mal que não queremos”, Ele vem em nosso socorro e produz em nós esse fruto tão precioso.
            O fruto do autodomínio é irmão gêmeo do dom infuso da Fortaleza,  o qual, aliás, já foi explicitado acima. O Espírito Santo injeta uma força em nossa vontade que a torna mais inclinada ao bem, decidida na escolha do bem, e pronta para realizar o bem e tudo o que for bom. A diferença entre o dom e o fruto citados está em que o dom da fortaleza fortalece a vontade na busca do bem, daquilo que é bom, do que verdadeiro e do que é justo, em relação a Deus, a si mesmo e ao próximo. Ao passo que o autodomínio se restringe ao domínio de si mesmo, de sua interioridade, de suas manifestações emocionais, de seus desejos, vontades, tendências e paixões.


2 Comentários:

Blogger Padre Alírio,scj disse...

Estou testando o processo de enviar comentários.

14 de outubro de 2013 21:42  
Anonymous yanese disse...

Belo , verdadeiro, formidável... texto.

15 de outubro de 2013 14:49  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial