3 de outubro de 2013

 P A Z
            A verdadeira paz é gerada pelo Espírito Santo no coração humano rendido ao Ele e unido a Ele. “A paz não é ausência de guerra, mas é presença do amor”(Pe. Zezinho). É verdade. A paz gerada pelo Espírito Santo nasce do fruto do amor para com o Pai, com Jesus, com Espírito e com os irmãos. Quando vivemos intensamente esses amores, saborearemos a verdadeira paz. A paz jorra no coração quando estamos “de bem” com o Deus-Trindade, com os irmãos e conosco mesmos.
            A Paz é uma presença de serenidade, de calma e de força, de tranquilidade e de quietude interiores, produzidas pelo Espírito Santo. Jesus nos prometeu a sua paz. Ele disse: "Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz, não como o mundo a dá" (Jo 14, 27). Jesus comunica a sua paz pela ação do Espírito Santo.
            Porque experimentamos que somos muito amados por Deus-Trindade,  e porque nós nos sentimos amando-O, recebemos com toda confiança as revelações divinas a respeito da transcendência de nossas vidas. Ficamos em paz diante da ideia da idade avançada e das enfermidades, pois sabemos que Deus nos ama e cuida de nós. Ficamos em paz diante da verdade de que um dia deveremos prestar contas de nossas ações, pois confiamos e amamos a misericórdia divina. Ficamos em paz diante da morte, pois temos certeza de que ela é uma passagem para uma outra vida muito melhor do que esta, vivida na terra. Ficamos em paz diante da vida futura, pois pelas luzes do Espírito sabemos que estamos na graça divina e podemos morrer em paz.
            Podemos temporariamente perder a paz de espírito por causa dos nossos pecados graves, mas o Espírito Santo nos questiona, nos ilumina, gera uma “saudade de Deus”, provoca arrependimento e nos leva à confissão a fim de voltarmos ao amor de Deus e dos irmãos, e desta forma voltarmos à paz no coração.


1 Comentários:

Anonymous yanese disse...

Estar e viver em paz, é a melhor coisa que pode acontecer na vida do ser humano

7 de outubro de 2013 12:03  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial