19 de dezembro de 2013

N O N O DIA - 20 / 12

JESUS CELEBRADO NO NATAL
 É ESSENCIALMENTE AMOR

Hoje vamos refletir sobre outro tema importante que vem completar, ainda mais, nossa caminhada para o Natal. Queremos explicar que "Jesus vivo, acolhido no Natal, é amor, é coração!". Queremos revelar e comprovar que Jesus é uma pessoa movida a amor. Queremos penetrar no coração de Jesus e perceber como seu amor é a força motriz de toda sua pessoa, de todos os seus atos, palavras e decisões. Durante o encontro, todos perceberemos a beleza desta realidade.
Iniciemos nossa celebração traçando sobre nós o sinal da cruz redentora, e invocando a Santíssima Trindade: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Oração: Ó Jesus ressuscitado, / no dia do Natal nascentes da Virgem Maria, / viestes nos ensinar os caminhos do amor, / e  quereis nos salvar para uma vida eterna nos Céus. / Quando nascestes / tivestes que nascer na fria gruta de Belém. / Agora que vindes de novo / neste de Natal / nós queremos receber-vos muito bem. / Queremos aceitar-vos como nosso Salvador / e queremos ouvir / aceitar e viver ainda melhor / o os vossos  ensinamentos.
Vinde, Senhor Jesus / nossas casas estão abertas.
Vinde, Senhor Jesus / nossas vidas estão abertas.
Vinde, Senhor Jesus / estamos à vossa espera.

Leitura do Evangelho de São João:
Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo.Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos.Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda. O que vos mando é que vos ameis uns aos outros.Jo 15,12-17)
  
Prezados irmãos.
Em nossa preparação para o Santo Natal temos procurado conhecer melhor aquele que é o festejado, o celebrado, o aniversariante das festas natalinas: Jesus. Temos sempre procurado falar de Jesus, não como um personagem histórico, do passado distante, mas como alguém muito vivo, muito presente, muito ligado aos nossos corações, às nossas vidas e às nossas famílias. No Natal, o celebrado, o festejado, estará muito presente! Sem a presença de Jesus vivo, o Natal não teria muito significado, e nem poderia ser tão alegre e tão belo.
Ao conhecer pessoalmente e mais profundamente a Jesus vivo, descobrimos, de imediato, sua riqueza maior e mais comunicante, que é seu amor, sua capacidade incrível de amar, a força todo-poderosa de seu amor, a perfeição total de seu coração.
Jesus ressuscitado é uma pessoa naturalmente e sempre movida por seu amor. Tudo quanto Jesus vivo já falou e fala, realizou e realiza, pensou e pensa, ensinou e ensina, viveu e vive, em tudo é movido e impulsionado por seu amor, pela força de seu coração transbordante de amor. Poderíamos afirmar que Jesus vivo não sabe fazer outra coisa senão amar. Amar incondicionalmente! Amar gratuitamente! Amar com todas as conseqüências! Amar concreta e eficazmente!
Permitam-me, agora, segredar-lhes uma verdade muito linda e muito pessoal. Jesus ressuscitado ama muito a todos vocês! Acreditem-me! Jesus conhece vocês profundamente! Sabe seus nomes... Sabe quem são seus pais e irmãos... Sabe como vocês viveram sua infância, meninice, juventude ou vida adulta. Jesus vivo conhece toda sua vida. Conhece profundamente todo seu lado bom, suas qualidades e virtudes, sua boa vontade, e todo bem que realizam. Conhece, também, suas lutas, seus problemas, seus anseios, seus ideais, suas vitórias ou tropeços. Jesus os conhece profundamente!
            Nesse amor sem medidas, Jesus acolhe a cada um de vocês como é. Aceita sua vida e realidade tal qual é. Ama a cada um de vocês tão personalizadamente como se fossem a única pessoa existente para ser amada por Ele.
Quero dizer-lhes, também, com muita satisfação e alegria, que Jesus ama a cada um de vocês sem restrições, e sem pôr condições. Se você é bom, ele o ama muito para que possa ser ainda melhor! Se alguém fosse mau, viciado, perverso, desumano, Jesus o amaria muito, muito mais, para tirá-lo do abismo e transformá-lo em nova criatura. Se você já o ama, ele corresponde com um amor ainda maior. Se alguém não o ama, o odeia, o despreza, disser que ele não existe, Jesus o ama muito, muitíssimo mais, para abrir seu coração, para poder entrar em sua vida, a fim de trazer-lhe toda espécie de benefícios e bênçãos.
Jesus quer muito ser seu amigo! Quer muito entrar em suas vidas e conviver com vocês! Jesus anseia por ocupar um lugar especial em seus corações! Sabe para quê? Para poder amar a cada um, de modo tão profundo, poderoso, maravilhoso e eficaz, como só Ele pode e sabe amar!
Jesus vivo, a quem celebramos no Natal, é realmente uma pessoa totalmente impulsionada, induzida, movida pela força divina de seu coração transbordante de amor! Como é maravilhoso descobrir esta faceta de sua personalidade! Como é entusiasmante descobrir essa riqueza infinita na pessoa de Jesus vivo!
Jesus vivo tem dois grandes amores! Vocês sabem quais são? Sabem?... Os dois grandes amores de Jesus ressuscitado são: seu Pai celeste, e vocês! Ou seja, o Pai celeste, e cada um de nós!
O primeiro grande amor de Jesus é seu Pai celeste. O coração de Jesus é totalmente "apaixonado", é maravilhosamente apaixonado por seu Pai! Não estranhem, mas admirem-se com o que vou dizer: Tudo quanto Jesus vivo realizou e ainda realiza, falou e fala, viveu e vive, tudo é feito, antes de tudo, por amor a seu Pai. Jesus aceitou encamar-se no seio da Virgem Maria, nascer na gruta fria de Belém, fugir para o Egito, viver trinta anos como trabalhador, viver em família, tudo por amor a seu Pai, para agradar a seu Pai, pois era isto que seu Pai queria! Jesus aceitou sua vida de pregador para ensinar o que ensinou, fazer os milagres que fez, realizar o bem que realizou, tudo por amor a seu Pai. Pois era aquilo que seu Pai desejava. Jesus aceitou todo seu sofrimento: a agonia no jardim das oliveiras, a traição de Judas, a negação de Pedro, a prisão, as torturas da flagelação e coroação de espinhos, a crucificação, a morte e a ressurreição, tudo para agradar seu Pai. Pois era exatamente aquilo que seu Pai queria: salvar a humanidade. E tudo quanto Jesus ressuscitado continua a fazer, tudo mesmo, é antes de tudo para amar e agradar seu Pai celeste. Volto a afirmar: o primeiro grande amor de Jesus é seu Paizinho celeste!
Afirmo, também, que o segundo grande amor de Jesus é você! Somos cada um de nós! Tudo quanto Jesus realizou e realiza em nossas vidas, em nossas famílias e comunidades é por amor. É movido por seu amor por nós. Você, talvez, esteja se perguntando: "Mas o que Jesus já fez, de fato, por mim?" A pergunta é boa! Mas é importante buscar uma resposta real, repassando sua vida pessoal e familiar. Ali, na história de sua vida é que você poderá descobrir todas as muitas provas pessoais do amor de Jesus para com você!
Deixemo-nos amar por Jesus! Envolvamo-nos nesse amor! Permitamos que Jesus nos ame! Abramos os nossos corações sempre mais à pessoa maravilhosa e transbordante de amor, que é Jesus ressuscitado, a quem celebramos neste Natal.
Vinde, Jesus, incendiai o nosso coração com as chamas do vosso amor.

Oração:
Apresentemos nossos pedidos a Jesus, divino coração, a fim de que nos oriente nos caminhos que levam à verdadeira vida e felicidade. Após cada pedido digam todos: Vinde, Jesus, / ensinai-nos a viver no vosso amor!
Todos: Vinde, Jesus, / ensinai-nos a viver no vosso amor!
1. Para abençoar, orientar e inspirar o Santo Padre, os bispos, os sacerdotes e religiosos, para que sejam fiéis mensageiros de vosso amor Salvador, vinde, Jesus!
2. Para nos relembrar, reavivar, reanimar e fortalecer nas maravilhas realizadas pelo vosso amor, a fim de que possamos viver como bons filhos do vosso Pai celeste, e irmãos de todos os seres humanos, vinde Jesus!
3. Para que possamos descobrir sempre mais, em nossas vidas, as maravilhas realizadas por vosso amor, a fim de que nos sintamos amados e correspondamos ao vosso amor, vinde, Jesus!
4. Para chamar muitos jovens, a fim de que sirvam ao povo de Deus na Igreja, como sacerdotes, religiosos ou consagrados leigos, vinde, Jesus!
5. Para despertar o coração de muitos leigos, a fim de que assumam com muita alegria e entusiasmo o tão importante serviço da evangelização e das catequeses, a fim de que sejais mais conhecido, aceito e amado, vinde, Jesus!
6. Para cuidar de nossas crianças, a fim de que elas aprendam dos pais e catequistas a amar-vos acima de todas as coisas, e ao próximo como a si mesmas, vinde Jesus!

Oração
Ó Jesus ressuscitado, cujo coração é uma fornalha ardente de amor ao Pai e aos seres humanos, incendiai nossos corações com as chamas do vosso infinito amor, para que possamos amar ao Pai celeste acima de todas as coisas, saibamos amar-vos de todo coração, e possamos amar aos irmãos com um amor muito semelhante ao vosso. É o que vos pedimos, coração de Jesus!
Maria, mãe de Jesus e nossa, preparai nossas vidas, assim como preparastes a vossa, para a chegada de Jesus. Ajudai-nos a abrir ainda mais os nossos corações ao vosso Filho, neste Santo Natal. Amém.


1 Comentários:

Anonymous yanese disse...

Jesus obrigado por esse Amor tão grande que não tenho palavras humanas para agradecer.

20 de dezembro de 2013 11:12  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial