16 de dezembro de 2013

SÉTIMO DIA - 18 /12

OS SANTOS PASTORES 
E  OS  REIS MAGOS

Acolhemos a todos com muita alegria, de todo coração. Sede bem-vindos, irmãos e irmãs. Na alegria, iniciamos mais um encontro preparativo para o Santo Natal. Os dias passam. Nossos encontros nos elevam cada dia mais para perto de Jesus vivo, a quem celebramos no Santo Natal. Nestes dias temos crescido em conhecimento e em amor a Jesus e ao próximo.
Iniciemos nossa quarta celebração, traçando sobre nós mesmos o sinal da cruz redentora e invocando a Trindade santa. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Oração: Ó Jesus ressuscitado, / no dia do Natal nascentes da Virgem Maria, / viestes nos ensinar os caminhos do amor, / e  quereis nos salvar para uma vida eterna nos Céus. / Quando nascestes / tivestes que nascer na fria gruta de Belém. / Agora que vindes de novo / neste de Natal / nós queremos receber-vos muito bem. / Queremos aceitar-vos como nosso Salvador / e queremos ouvir / aceitar e viver ainda melhor / o os vossos  ensinamentos.
Vinde, Senhor Jesus / nossas casas estão abertas.
Vinde, Senhor Jesus / nossas vidas estão abertas.
Vinde, Senhor Jesus / estamos à vossa espera.

Leitura de São Lucas:
Havia nos arredores uns pastores, que vigiavam e guardavam seu rebanho nos campos durante as vigílias da noite.  Um anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu ao redor deles, e tiveram grande temor. O anjo disse-lhes: Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo:  hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: achareis um recém-nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura. subitamente ao anjo se juntou uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus e dizia:  Glória a Deus no mais alto dos céus e na terra paz aos homens, objetos da benevolência (divina).  Depois que os anjos os deixaram e voltaram para o céu, falaram os pastores uns com os outros: Vamos até Belém e vejamos o que se realizou e o que o Senhor nos manifestou.  Foram com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura. Vendo-o, contaram o que se lhes havia dito a respeito deste menino. (Lc 2, 8-17)

Prezados amigos
Estes pastores foram muito felizes! Tiveram a grande alegria e a honra de serem os primeiros a ver o Menino Jesus. Neles queremos admirar e aprender duas atitudes. Primeira: eles acreditaram nos Anjos, quando estes lhes disseram que havia nascido o Salvador, tão esperado. Crendo, foram depressa, andaram quatro quilômetros para ver o Menino do presépio. Segunda atitude: eles saíram contando aos amigos o que tinham ouvido dos Anjos, e o que tinham visto no presépio.
Neste Natal queremos admirá-los, homenageá-los, mas também imitá-los. Como eles creram nos Anjos, nós acreditar e acolher todos aqueles que, neste Natal, de alguma forma querem nos falar de Jesus, querem nos ajudar a ter um verdadeiro Natal. Acolhendo esses apelos, acolher Jesus, e queremos crer firmemente no Menino do presépio, que hoje é Jesus vivo, ressuscitado. E como eles, queremos falar de Jesus vivo aos nossos familiares e amigos, queremos colaborar para que muitos venham a ter um Natal verdadeiro. Queremos que Jesus seja muito conhecido por todos. E como conseqüência. Venham a viver uma verdadeira vida cristã.
Santos Pastores, intercedei por nós, a fim de que possamos encontrar, aceitar e adorar a Jesus, como vós o fizestes.

OS TRÊS  REIS  MAGOS

         Eles fazem parte interessante deste nosso Natal. Eles haviam lido que, um dia, apareceria uma estrela nova nos céus. Essa estrela seria o sinal do nascimento do Rei dos reis, do Salvador esperado. Um dia, Deus tocou seus corações. Eles descobriram a nova estrela e sentiram uma força impulsionando-os a irem procurar o Rei nascido. Fizeram uma longa viagem, sempre dirigidos pela estrela. Ela os conduziu até onde estava Jesus. Ao verem o Menino pobrezinho, Deus iluminou seus corações, e eles reconheceram naquela criança o Rei dos reis. Prostraram-se e o adoraram. Ofereceram-lhe três presentes: o ouro, para simbolizar que aquele Menino era Rei. O incenso, para simbolizar que era Deus, e de fato o adoravam. A mirra, para simbolizar que, mesmo sendo Deus, era humano, e haveria de sofrer. Que exemplo maravilhoso de fé! Queremos homenageá-los, neste Natal, e imitá-los na oferta dos presentes a Jesus: o ouro do nosso amor; o incenso da nossa adoração, e a mirra dos nossos sofrimentos, abraçados com paciência e resignação. São eles: Gaspar, Baltasar e Melchior 
         Santos Reis Magos, que fizestes longo caminho para encontrar Jesus, intercedei por nós a fim de encontrarmos ainda mais Jesus neste Natal, e que nEle creiamos, o adoremos e o aceitemos como nosso Salvador e mestre.

OS  DESTINATÁRIOS DO NATAL

Falemos, enfim, "de cada um de nós, de todos nós".
Por incrível que possa parecer, o Natal acontece u por nossa causa! Aconteceu porque nós precisávamos de um Salvador! Se não tivesse havido o pecado original, e como conseqüência todos os pecados pessoais, bem como todos os males que existem no mundo, não haveria necessidade de um Salvador! Portanto, Jesus não teria vindo ao nosso encontro! Não haveria Natal. Não haveria festa do Natal. Ele veio para você, para mim, para cada ser humano que já viveu ou ainda vai viver sobre a terra. Os beneficiados do Natal de Jesus, bem como de toda sua vida, de sua pregação, de suas obras, de sua paixão, morte e ressurreição, os beneficiados somos todos nós. Portanto, o Natal é nossa festa por excelência! Ali iniciou-se nossa Salvação! É por isso que queremos celebrar um Natal de verdade! Não apenas um Natal social, de comidas, de bebidas, de presentes e de festas externas. Queremos um Natal muito festivo sim, mas tendo presente o festejado, o aniversariante, o coração do Natal, que é a pessoa de Jesus vivo, ressuscitado. Mais. Queremos abrir ainda mais, neste Natal, para Jesus, as portas de nosso coração, de nossas vidas, de nossas famílias.
Como é maravilhosa essa festa! Como é maravilhoso descobrir a participação efetiva de todas estas pessoas, na festa do Natal! Como é maravilhoso saber com o coração que participam do nosso Natal: Deus, Pai eterno; Jesus, o aniversariante; o Espírito Santo que faz acontecer o Natal; Maria, a mãe do aniversariante; José, o pai adotivo do Salvador; os Santos Pastores e os Santos Reis. Mais. Sabermos que os destinatários dessas maravilhas somos cada um de nós.
Com certeza, nosso coração estará muito atento e feliz, por recordar, homenagear e festejar a cada uma e a todas essas pessoas envolvidas na maravilhosa festa do nosso Santo Natal.
Vinde, Jesus! Aguardamos vossa chegada!

Meus amigos, após termos ouvido tão belas verdades, apresentemos a Jesus os nossos pedidos, para alcançarmos as luzes e as forças necessárias para abrirmos ainda mais o nosso coração ao Salvador, nesta preparação para o Santo Natal. Após cada prece, queiram afirmar: Vinde novamente, Jesus, / manifestai a vossa salvação!

Todos: Vinde novamente, Jesus, / manifestai a vossa salvação!
1. Para renovar e fortalecer a Santa Igreja, para conservar em saúde o nosso Santo Padre, o Papa, para proteger os bispos, os sacerdotes e todos os religiosos, que servem na vossa Igreja, vinde, Jesus!
2. Para que este Natal seja para todos nós uma ocasião de aceitarmos ainda mais vossa pessoa, vossos ensinamentos e vossa Igreja, vinde, Jesus!
3. Para aumentar nossos bons desejos, firmar nossos propósitos de viver como irmãos, e como pessoas que caminham em fraternidade na Igreja, em busca de um mundo melhor, e da salvação de todos os males, vinde, Jesus!
4. Para fazer crescer ainda mais o amor, o diálogo, o respeito e a boa vontade entre os casais, entre pais e filhos, entre empregadores e empregados, vinde, Jesus!
5. Para orientar os transviados, para dar paz aos revoltados, para fazer justiça aos injustiçados, para libertar os prisioneiros dos vícios, e de todo tipo de escravidões, vinde, Jesus!
6. Para consolar, fortalecer e iluminar nossos velhinhos e doentes, a fim de que façam dos seus sofrimentos um meio de aproximação de vós, e uma fonte de bênçãos para suas famílias, vinde, Jesus!

Oração: Senhor Jesus, nascendo da Virgem, em Belém, viestes participar de nossa vida humana. Quisestes passar por todas as nossas boas e amargas experiências, para nelas, dar-nos o exemplo de uma vida repleta de aceitação, doação e amor. Concedei-nos que, como fruto deste Natal, nos decidamos a viver uma vida de gente salva. Que nosso modo de viver seja um exemplo para quantos convivem conosco.
Maria, mãe de Jesus e nossa, preparai nossas vidas, assim como preparastes a vossa, para a chegada de Jesus. Ajudai-nos a abrir ainda mais os nossos corações ao vosso Filho, neste Santo Natal. Amém.


 ATENÇÃO: O OITAVO DIA DA NOVENA
 PARA AMANHÃ - DIA 19/12  - ESTÁ LOGO ABAIXO

1 Comentários:

Anonymous yanese disse...

Obrigado Querido Jesus por se dar totalmente a cada um de nós

18 de dezembro de 2013 17:56  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial