16 de janeiro de 2014

Proteção divina 
(Sl.15)

EM ORAÇÃO
  Guardai-me, ó Deus,
porque é em vós que procuro refúgio.*
Digo a Deus: Sois o meu Senhor,
fora de vós não há felicidade para mim.

Quão admirável tornou Deus o meu afeto
para com os santos que estão em sua terra.
Numerosos são os sofrimentos que suportam
aqueles que se entregam a estranhos deuses.

Não hei de oferecer suas libações de sangue
e meus lábios jamais pronunciarão 
o nome de seus ídolos.
Senhor, vós sois a minha parte de herança 
e meu cálice;
vós tendes nas mãos o meu destino.

O cordel mediu para mim um lote aprazível,
muito me agrada a minha herança.*
Bendigo o Senhor porque me deu conselho,
porque mesmo de noite o coração me exorta.

Ponho sempre o Senhor diante dos olhos,
pois ele está à minha direita; não vacilarei.*
Por isso meu coração se alegra
 e minha alma exulta,
até meu corpo descansará seguro,

porque vós não abandonareis minha alma 
na habitação dos mortos,
 nem permitireis que vosso Santo
 conheça a corrupção.*
Vós me ensinareis o caminho da vida,
há abundância de alegria junto de vós,
e delícias eternas à vossa direita. 
(Sl. 15)


1 Comentários:

Anonymous yanese disse...

Excelente

17 de janeiro de 2014 15:09  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial