25 de março de 2014

ADORAR   SEM   CESSAR
            
A adoração é o reconhecimento e a proclamação da divindade de Deus. É reconhecer e proclamar que Deus é o Deus único, verdadeiro, Uno e Trino. Pela fé se reconhece a divindade e pelo coração se proclama que Deus é Deus, e como tal Ele é o princípio de todas as coisas criadas.
A primeira atitude quando nós nos colocamos diante de Deus deve ser sempre a adoração, isto é, o reconhecimento e a proclamação de sua divindade e de todos os seus atributos, virtudes e qualidades divinas. Ao estarmos diante de Deus precisamos reconhecer que Ele é Deus e que nós somos suas criaturas amadas que o aceitamos, a Ele nos submetemos, o glorificamos e engrandecemos.
Após entrarmos em sua presença e realizarmos um momento de adoração é que O louvamos por todos os seus atributos, por todas as suas obras da criação, da salvação e da santificação da humanidade; O glorificamos pela grandiosidade de suas obras no universo; O bendizemos por todo seu amor manifesto para com os seres humanos; Lhe apresentamos as nossas necessidades e Lhe fazemos os nossos pedidos; a Ele dirigimos os nossos pedidos de perdão e suplicamos a sua misericórdia.
Todos os dias, iluminados pela nossa fé no Deus verdadeiro e impulsionados pela nossa devoção para com Ele, fazemos da nossa primeira oração uma adoração explícita, para sentirmo-nos realmente na presença divina, e diante dEle prosseguirmos com nossa oração.
Nossa adoração deve estar presente em todos os momentos do nosso dia a dia. Quando acordamos, O adoramos elevando o nosso coração na Sua presença e Lhe agradecemos por um novo dia concedido a nós e a todos os nossos familiares. Agradecemos e louvamos pelo alimento que consumiremos, pelo trabalho que realizaremos, enfim por todos os momentos desse dia recebido de sua bondade.
Quando reservamos um tempo particular para a nossa oração pessoal, ao entrar na presença divina, iniciamos a nossa oração por meio de um momento de adoração, reconhecendo antes de tudo, a Sua divindade, proclamando-o como Deus, como Deus Uno e Trino, como Deus verdadeiro, e declarando a nossa submissão, a nossa rendição, a nossa glorificação por sua divindade e o nosso louvor por Ele ser Deus.
Quando contemplamos as belezas do nosso planeta Terra, as belezas de um pôr de sol, de um amanhecer, das mil variedades do verde das árvores, as belezas das flores, das árvores carregadas de frutos, a variedade de insetos, borboletas e animais de toda espécie, quando olhamos para o rosto das pessoas e reconhecemos a sua individualidade e beleza, somos iluminados por nossa fé e impulsionados a reconhecer que tudo foi criado pelo Deus em quem cremos e adoramos de todo coração.
Ao elevarmos o nosso coração para o alto, encontramos sempre antes de tudo a Deus. E diante dEle nossa primeira atitude é o reconhecimento de sua divindade, é o nosso primeiro gesto de adoração. Essa adoração se abre como um leque em: louvor, glorificação, exaltação, submissão, pedido de perdão, súplicas e pedidos de bênçãos.


1 Comentários:

Anonymous yanese disse...

Excelente

27 de março de 2014 22:14  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial