25 de abril de 2014

OBRAS  DE  MISEIRCÓRDIA
Introdução
             As obras de misericórdia são ações concretas realizadas em favor dos irmãos necessitados, feitas com espírito de caridade e de bondade. Tais obras nascem de um coração generoso, impulsionado pelo desejo de fazer aquela boa obra de forma gratuita e humilde.
            O destinatário dessas obras é qualquer pessoa que tenha aquela necessidade particular, à qual podemos socorrer de alguma forma. Não importa quem seja a pessoa. Importa que ela seja necessitada e que nós estejamos atentos para socorrer com um espírito de caridade.
            O mérito espiritual dessas obras está no espírito de caridade generoso e gratuito. Podemos aplicar aqui as palavras de Jesus, quando se refere à esmola: “Quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua mão direita”. Portanto, essas 14 obras de misericórdia devem ser realizadas com plena gratuidade, sem buscar qualquer recompensa, elogio ou aplauso.
            São chamadas “obras de misericórdia” porque elas devem nascer de um coração revestido de um espírito misericordioso. A palavra misericórdia nasce de “miséria e coração”. A misericórdia é o espírito e a atitude de um coração que se debruça sobre a miséria alheia, com a finalidade de tirá-lo da mesma. Por miséria podemos entender toda necessidade de libertação, de ajuda, de cura, de salvação, na qual está envolvida uma pessoa. Principalmente todo pecado.
            A recompensa para quem age com  misericórdia, para quem pratica essas obras de misericórdia é determinada pelo próprio Jesus, quando afirmou: “Felizes os misericordiosos porque alcançarão misericórdia”(Mt 5, 7) O que de mais precioso se poderia receber como recompensa, do que alcançar misericórdia divina em nossa condição de pecadores? Precisamos durante a vida toda da misericórdia divina, pois pela vida toda incidimos em pecados.
            Porque são obras de misericórdia, e porque quem as pratica alcança misericórdia, podemos afirmar que por meio delas podemos alcançar: 1. o perdão de nossos pecados veniais, 2. podemos alcançar o perdão das penas temporais devidas pelos nossos pecados, penas essas que deveríamos pagar no purgatório, 3. podemos aplicar essas obras em sufrágio das almas do purgatório.
            As obras de misericórdia são divididas em “corporais” e “espirituais”. São corporais aquelas que se destinam a necessidades corporais, e são espirituais aquelas que se destinam à alma, ao espírito das pessoas.

SETE  OBRAS DE MISERICÓIRDIA CORPORAIS
   1 Dar de comer a quem tem fome   2 Dar de beber a quem tem sede  3 Vestir os    
     nus 4 Dar pousada aos peregrinos 5 Assistir aos enfermos  6 Visitar os presos
    7.  Enterrar os mortos.
SETE  OBRAS DE MISERICÓRDIA ESPIRITUAIS
.1 Dar bons conselhos  2 Ensinar os ignorantes 3 Corrigir os que erram  4 Consolar os tristes  5 Perdoar as injurias  6. Sofrer com paciência as fraquezas do próximo         7 Rogar a Deus pelos vivos e mortos.


1 Comentários:

Anonymous yanese disse...

Excelente

28 de abril de 2014 21:49  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial