1 de abril de 2014

OS VALORES ETERNOS
 DA 
FAMÍLIA

Sem os valores essenciais da família, o ser humano se sente sem raízes, se desestrutura, perde-se nos caminhos da vida, não se realiza, se torna infeliz, e como conseqüência, vêm muitos outros males. As agressões que se fazem hoje contra a família são tremendas. Principalmente no Brasil, os meios de comunicação são tremendamente direcionados no sentido de desfazer as verdadeiras hierarquias de valores, e de quererem implantar a inversão de todos os valores de uma família bem constituída. Percebemos que, por todos os lados, se fazem tentativas para a destruição da estabilidade da família, ninho de amor necessário para realização do ser humano. A família, portanto, é o lugar onde a pessoa humana se desenvolve, cresce e amadurece no amor. Realizando-se no amor, torna-se feliz.
Percebamos a importância de uma família bem constituída, de uma família que vive no amor, tanto para a felicidade do marido, como para a felicidade da esposa, bem como para a felicidade dos filhos. Sabemos que os filhos que têm a graça de viver numa família bem constituída, eles têm muito mais chance de formar uma personalidade sadia e equilibrada, de se realizar na vida, e de encontrar um melhor caminho para sua realização pessoal. Ao contrário, quando filhos são concebidos, nascem e são criados em famílias desajustadas, herdam uma história de sofrimentos, de desajustes e de traumas. E por causa de sua família desajustada, vão percorrer pelos caminhos da vida carregando seus sofrimentos, talvez sem nunca encontrar uma verdadeira realização pessoal. A não ser que tenham a grande sorte de poderem curar sua história, equilibrar sua personalidade e fazer acontecer uma realização pessoal feliz.
Percebemos o quanto é importante que a família seja um ninho de amor. Um ninho, onde todos possam amar e se deixar amar, e nesse diálogo de amor, haja um crescimento tal que todos cheguem à maturidade do coração, já que é na maturidade do amor que o ser humano se realiza.



1 Comentários:

Anonymous yanese disse...

Excelente

2 de abril de 2014 17:30  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial