19 de agosto de 2015

A Revelação do Alto 
Palavra de Deus
Então Jesus perguntou-lhes: "E vós, quem dizeis que eu sou?". Simão respondeu: 'Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo". Jesus respondeu: Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelaram isso, mas o Pai que está nos céus. E eu te digo: tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno nunca prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do reino dos céus, e tudo que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo que desligares na terra será desligado nos céus". Então proibiu severamente os discípulos a falarem a alguém que ele era o Cristo. (Mateus 16,15-20) 
Comentário de João Paulo II
Nas proximidades de Cesareia de Filipe, diante da confissão Pedro, Jesus detalhará a fonte de uma intuição tão límpida de sua identidade: " ... não foi a carne nem o sangue que te revelaram isso, mas o Pai que está nos céus". É necessária, portanto, a revelaçâo do alto. Mas para acolhê-la é preciso pôr-se à escuta: apenas a experiência do silêncio e da oração oferecem o horizonte adequado no qual pode amadurecer e desenvolver-se o conhecimento mais verdadeiro, aderente e coerente daquele mistério

1 Comentários:

Blogger NiNa disse...

Padre, alirio!

As suas orações de cura e libertação e seus cursos a distancia na tv seculo 21 tranformaram a minha vida. Obrigada jesus!!obrigada padre.

20 de agosto de 2015 18:35  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial